carro com placa mercosul

Saiba tudo sobre a nova placa Mercosul

18 May 2022

Saiba tudo sobre a nova placa Mercosul

 

A nova placa Mercosul começou em um teste em 2018 no Rio de Janeiro e, depois de ter se tornado obrigatória em alguns casos em 2020, começou a circular em grande quantidade em todo o território nacional. 

 

Mas o que muda com essa placa de Identificação Veicular? Para quem ela é obrigatória? Continue lendo para saber mais sobre a placa Mercosul, que promete substituir o modelo cinza anterior com padrões de números e letras. 

 

O que muda com a placa Mercosul? 

 

A placa Mercosul é a nova placa para os veículos pertencentes aos países integrantes do bloco econômico: Brasil, Uruguai, Paraguai, Argentina e Venezuela. Cada país teve liberdade para personalizá-la, como estilo e quantidade de números e caracteres.

 

A placa de Identificação Veicular amplia as possibilidades de combinações: eram 175 milhões de possibilidades com as placas de 3 letras. Agora com 4 letras, as combinações são de 456 milhões.

 

A nova padronização determinou que cada um dos números antigos passassem a corresponder a uma letra. Por exemplo, 0 passou a ser A, 1 passou a ser B, 2 passou a ser C e assim por diante até 9 ter passado a ser J.

 

Além disso, outra mudança é a inserção do QR Code. Com esse código de barras, a pessoa que tem um cadastro específico passa a ter acesso a informações como produção e dados completos do veículo.

 

Existem seis placas Mercosul que variam de acordo com o veículo:

 

  • Preto: particular
  • Vermelho: comercial
  • Verde: especial
  • Azul: oficial
  • Amarelo: diplomático
  • Cinza: colecionador 

 

Para quem a placa Mercosul é obrigatória?

 

Muitos motoristas brasileiros ainda têm dúvidas se precisam fazer a alteração. Por enquanto, nem todo mundo precisa fazer a mudança no emplacamento do veículo. A placa Mercosul é obrigatória apenas em alguns casos. Confira:

 

  • Todos os veículos novos no Brasil que estão passando pelo primeiro emplacamento;
  • Veículos que vão mudar de unidade federativa ou de categoria
  • Veículos que vão mudar de município ou de estado
  • Veículos que tiveram a placa roubada, furtada ou extraviada

 

Porém, qualquer motorista pode trocar a placa de forma voluntária se assim quiser. Quanto ao valor, não há um preço padrão, pois cabe aos fabricantes e às estampadoras definirem quanto o consumidor deve pagar.

 

O Detran de São Paulo, por exemplo, sugere que os preços das placas Mercosul sejam de R$ 138,24 para carro, ônibus e caminhão, mantendo o custo da placa anterior.

 

Existem ainda outras taxas para aqueles que precisam de uma placa Mercosul, como o laudo das vistorias, a emissão do registro do veículo e a taxa anual de licenciamento. 

Gostou do conteúdo? Continue ligado aqui no blog da Arval e se mantenha informado sobre gestão de frotas e de carros para empresas e corporações internacionais.

Entre em contato com a Arval para mais informações:

Você possui frota própria?
Qual é o volume da sua frota atual:

Confirmo que li e estou de acordo com a política de privacidade

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.
Leia mais Mostre menos