Custo Total de Propriedade para frotas

Custo Total de Propriedade: O que é e qual a sua importância?

4 Mar 2022

Custo Total de Propriedade: O que é e qual a sua importância?

O Custo Total de Propriedade, também conhecido como TCO, é uma métrica indispensável para qualquer empresa, principalmente para aquelas que precisam de frotas.

São muitos gastos envolvidos para obter novos itens de infraestrutura, produtos, ferramentas ou sistemas para otimizar os resultados dos negócios. 

Porém, não é tão simples saber o montante necessário para a aquisição. Por isso as empresas precisam conhecer tudo sobre o Custo Total de Propriedade. 

Acompanhe os próximos tópicos e entenda de uma vez por todas o que é o TCO! 

 

O que, afinal, é o Custo Total de Propriedade?

A sigla TCO vem do termo em inglês Total Cost of Ownership e trata-se de um cálculo geral para analisar não apenas o preço da compra, como também a quantidade de dinheiro gasta a longo prazo. 

Para uma empresa de frotas, O Custo Total de Propriedade pode significar a soma de vários valores, como o de carros, de manutenções, de combustíveis, etc. 

 

É mesmo necessário avaliar esse indicador? 

O TCO é a primeira métrica para analisar se um investimento vai trazer ou não retornos positivos. Uma avaliação rigorosa permite que a empresa determine a melhor hora para trocar ou partir para veículos terceirizados, por exemplo. 

Além disso, o Custo Total de Propriedades também considera os gastos ocultos, como o custo de seguro, o tempo gasto para administrar toda a frota e a depreciação dos veículos. 

Dessa forma, para fazer investimentos seguros e tomar decisões mais inteligentes sobre a gestão da frota, valorizando cada centavo aplicado no negócio, é imprescindível avaliar o TCO.  

 

Como calcular o TCO?

Ao contrário de outros casos administrativos, o Custo Total de Propriedade não tem uma regra ou uma fórmula estabelecida, pois existem fatores que variam de empresa para empresa. 

Entretanto, existem 3 números, além dos custos ocultos, que não podem ficar de fora do cálculo de TCO: 

 

Custos de aquisição

Referem-se aos valores totais da compra de serviços. Em uma frota, esses custos vão além do próprio veículo, pois envolve também as peças, manutenções, busca de fornecedores e compra de plataforma.

 

Custos de implementação

Aqui todas as despesas para que o produto ou o serviço contratado seja implementado são levadas em consideração, como, por exemplo, os softwares de gestão.

 

Custos de manutenção

Neste cálculo, é preciso considerar os valores investidos em mensalidades, licenças, atualizações e consultorias compreendidas durante a utilização de ferramentas, serviços e plataformas. 

 

A terceirização de frota gera até 30% de economia para a sua empresa 

Com a Arval, a sua frota terá custos reduzidos e muito mais lucro, porque oferecemos maior controle de gastos por meio de uma fatura fixa. 

Também utilizamos sempre carros atuais e você nunca passará pela desvantagem de contar com automóveis desvalorizados e ainda sofrer com os altos custos com manutenção.

Saiba mais sobre os nossos serviços e entre em contato conosco em caso de dúvidas! 

 

 

Entre em contato com a Arval para mais informações:

Você possui frota própria?
Qual é o volume da sua frota atual:

Confirmo que li e estou de acordo com a política de privacidade

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.
Leia mais Mostre menos