A manutenção preventiva da sua frota de veículos

A manutenção preventiva da sua frota de veículos

31 Mar 2022

A manutenção preventiva da sua frota de veículos

Evitar surpresas desagradáveis com a frota é muito importante. A principal forma para ter todos os carros da frota à disposição e manter a operação da empresa em 100% é pela manutenção preventiva de veículos.

Quais são os objetivos da manutenção preventiva?

O objetivo da manutenção preventiva é aumentar a vida útil dos veículos, assim como a sua disponibilidade. Para isso, é seguida uma rotina de revisão veicular em que as peças e os componentes do carro são avaliados de acordo com a quilometragem, ou até mesmo pela indicação do condutor quanto a alguma deficiência apresentada

Dessa maneira, a manutenção preventiva tem como objetivos:

  • Segurança: evita que o carro apresente problema enquanto está sendo guiado;
  • Economia: evita manutenção corretiva (mais cara) com peças quebradas e também não tira o carro de circulação, o que pode gerar prejuízo para a empresa;
  • Eficiência: permite que automóvel esteja sempre alinhado, o que permite melhor desempenho de seus componentes, logo mais eficiência na relação combustível X quilometragem

Quais são as diferentes manutenções preventivas realizadas no veículo?

A manutenção preventiva de veículos é separada por dois tipos de itens: aqueles que são de troca obrigatória e os que são de inspeção obrigatória.

Os itens de troca obrigatória devem ser trocados quando atingirem certa quilometragem, tempo de uso, ou quando alguma peça relacionada ao item for substituída.

Já os itens de inspeção devem ser observados durante a revisão e serem substituídos quando apresentarem algum sinal de decréscimo de desempenho.

É importante ter um rigoroso sistema de revisão para que todos os itens recebam a atenção devida. As orientações de fábrica de cada automóvel devem ser seguidas.

Quais itens do veículo o condutor deve verificar periodicamente?

Na manutenção preventiva, os itens da revisão aparecem como:

Troca obrigatória (conforme quilometragem, tempo, desgaste)

  • Óleo lubrificante;
  • Correia dentada;
  • Velas do motor;
  • Filtros do carro: ar, óleo e combustível;
  • Fluido de freio;
  • Pneus e alinhamento;
  • Correia dentada e do alternador.

Inspeção obrigatória (troca quando observar desgaste)

  • Suspensão, alinhamento e balanceamento;
  • Caixa de câmbio e radiador;
  • Sistema elétrico;
  • Radiador e todo sistema de arrefecimento (refrigeração);
  • Sistema de iluminação (faróis, lanternas);
  • Para-brisa, espelhos, cintos de segurança;
  • Freios: pastilhas e lonas.

O que é necessário para manter um veículo em condições seguras?

Dois pontos são essenciais: 

1- Realizar a revisão do automóvel no período programado;

2- Substituir as peças de troca obrigatória quando alcançarem a validade (exemplo: pneu, a cada 5 anos), ou quando se observar que um item está degradado, ou mal funcionamento.

Ao manter essas rotinas, sem deixar de ficar atento aos sinais do carro, o veículo fica bem cuidado e será mais seguro para conduzi-lo. Portanto, acompanhar o desempenho do carro assegura maior segurança no trânsito e mais eficiência automotiva.

Para ter uma frota equipada, com manutenção regular, consertos em garantia, além de serviços e inspeções, conte com a frota terceirizada da Arval. Nosso banco de dados ajuda na administração da frota, auxiliando na tomada de decisões e com economia de dinheiro (tudo por um aluguel mensal fixo). Venha ser Arval e conte com uma extensa rede de parceiros por todo o Brasil.

 

Leia mais Mostre menos