equalizar seu caixa e reduzir custos

3 maneiras de equalizar seu caixa e reduzir custos

Em momentos de crise o cuidado com a saúde financeira da empresa deve ser dobrado. Os primeiros passos, naturalmente, são cortar gastos desnecessários, avaliar quais não geram retorno, negociar prazos e contratos, entre outros. Para além dessas alternativas corriqueiras que todos já conhecemos, existem outras formas de cuidar do caixa da sua empresa. Confira três alternativas para assegurar o fluxo de caixa que nós separamos para você: 

Software para controlar custos

Em um mercado tão competitivo, a gestão eficiente é mais do que necessária. Para alcançar isso é preciso: velocidade, controle e indicadores. A única maneira de se garantir tudo isso é por meio de um bom software de gestão.

Inicialmente este investimento pode parecer alto, porém o seu retorno a longo prazo irá compensar os custos. Softwares especializados no trabalho inserem uma nova dinâmica que permite uma melhor e mais ágil tomada de decisões.

Na área de transportes, por exemplo, contar com um bom software é indispensável para contabilizar os custos com rotas, fretes, cargas e prospectar oportunidades.

Desimobilizar ativos

Um paradigma que vêm ganhando força é a opção pelo uso ao invés da posse. Muitas pessoas, por exemplo, têm abandonado a compra do carro em favor de transportes alternativos, como por aplicativos como Uber e 99. Mas no mundo corporativo isso também é possível e o impacto nas cifras pode ser impressionante. 

Uma frota de carros própria, por exemplo, pode representar um capital de giro muito importante. Pensando nisso, a Arval criou o Arval Smart Fleet, uma solução em que é realizada a compra da frota e o cliente pode utilizar esse recurso para outras finalidades, seja investir em maquinário, pessoas, treinamento e até marketing para captar novos negócios. 

Nesse produto, a empresa recebe pela venda dos seus ativos, mas continua utilizando os bens alugados. Fora a vantagem financeira imediata, os custos operacionais da frota  podem ser reduzidos em até 30%.

Ao estabelecer o contrato de aluguel, não é preciso mais gastar dinheiro com a manutenção dos automóveis, com os serviços operacionais de gestão da frota, entre outros custos envolvidos. Saiba mais sobre o assunto aqui.

Terceirização

A terceirização de serviços que não sejam parte do objetivo principal do negócio (atividade-fim) tem conquistado novos adeptos a cada dia. É comum terceirizar áreas como limpeza, segurança e manutenção. Outro setor que ganha destaque é o da terceirização da gestão financeira, conhecido como BPO (Business Process Outsourcing). Essa prática permite reduzir custos com pessoal e material, contando com mão de obra especializada no segmento de atuação.  

Empresas que trabalham com frotas de veículos também se utilizam da terceirização. O modelo para gestão de frotas reduz os custos do contratante, pois permite um maior prognóstico de custos durante o período de contrato, além da possibilidade de utilizar veículos novos e ainda reduzir gastos com manutenção. 

 

Leia mais Mostre menos