Início > Arval Blog > O Impacto de Um Bom Contrato de Locacao de Veiculo Na Gestao de Sua Frota

O impacto de um bom contrato de locação de veículo na gestão de sua frota

O impacto de um bom contrato de locação de veículo na gestão de sua frota

terça-feira, 11 Setembro, 2018

Se tem uma meta comum a todas as empresas, independentemente do porte, com certeza, é o esforço contínuo para reduzir custos da operação. Em tempos de crise econômica, essa preocupação é ainda maior. Considerada um dos três maiores custos de uma organização, a frota corporativa, se for bem gerenciada, pode ajudar nessa missão tão complexa.

O primeiro passo para ter sucesso nessa tarefa é tomar cuidados importantes na hora de assinar um contrato de locação de longa duração de veículos. É certo que as condições estabelecidas ali vão impactar diretamente na mobilidade dos colaboradores e isso inclui tanto uma operação eficiente quanto o bem-estar das pessoas. Afinal, quem está feliz no trabalho também produz mais.

Um dos principais pontos a se considerar é a gestão carro a carro. Ou seja, não se fixe no contrato coletivo porque dificilmente será possível ter controle sobre as demandas individuais. Uma gestão carro a carro vai permitir, por exemplo, avaliar o comportamento de cada condutor, quanto a consumo de combustível, quilometragem utilizada, sinistros, entre outros. É certo que ter um olhar criterioso nessa hora ajuda - e muito - a economizar no fim do dia.

Falando nisso, você sabe o que está previsto no seu contrato? Aproveite e cheque se ele inclui manutenção completa ou apenas corretiva. Não sabe a diferença? A manutenção preventiva é aquela já oferecida pelas montadoras e inclui basicamente a revisão do carro. Já a completa vai além desse serviço e prevê reparos não previstos inicialmente, mas passíveis de acontecer durante a utilização diária do veículo.

Outro ponto importante é estabelecer metas e prazos realistas, que sejam mais fáceis de medir, além de boas ferramentas de acompanhamento. Na Arval, subsidiária do grupo BNP Paribas e especialista em terceirização de frotas leves, após um ano de contrato é possível fazer a repactuação. Trata-se de uma análise que visa a transparência do serviço e ajuda a identificar se o que se paga é também o que se gasta. Um contrato que não trata os veículos de forma individual impede avaliar o histórico e adequar o que é preciso, uma alternativa para reduzir custos que nem sempre são óbvios.

Preste bastante atenção aos custos ocultos como assistência 24 horas, seguro, gestão de pneus, documentação e multas, e procure ter clareza quanto à estrutura de atendimento que será oferecida ao condutor.

Com esses cuidados, sua empresa terá mais chances de estabelecer um contrato mais justo para gestão de frota. E você estará contribuindo para que a frota continue sempre um benefício sem onerar os custos.

 

Clique aqui para entrar em contato e saber outros detalhes e informações.